Contra o desmonte do HSPM

O vereador Celso Giannazi, membro titular da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Paulo, com base em visitas periódicas para fiscalizar as condições de infraestrutura e de trabalho do Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM), em relatos de servidores e usuários e em informações do relatório da Controladoria Geral do Município, denuncia o sucateamento e precarização de serviços, como:

  • Estrutura predial em desacordo com as normas vigentes da ANVISA e AVCB;
  • Parque tecnológico insuficiente, sucateado e ultrapassado;
  • Infraestrutura de Tecnologia de Informática inadequada;
  • Pacientes submetidos à condições desumanas de espera, abandonados nos corredores, em macas enferrujadas;
  • Sistema de marcação de consultas pelo telefone 156 ineficiente, pacientes demoram horas para agendar suas consultas;

Exigimos:

  • O aumento dos recursos destinados para investimento no HSPM;
  • A contratação, por concurso público, de médicos e profissionais de saúde;
  • Condições estruturais satisfatórias que garantam segurança e funcionalidade;
  • E reposição imediata de insumos e medicamentos;

Denuncie o descaso e a falta de investimentos da Prefeitura, assine nosso abaixo-assinado e fortaleça a campanha em defesa do Hospital do Servidor Público Municipal. Vamos resgatar o HSPM!

Em defesa do HSPM e para investigar as denúncias recebidas, o vereador Celso Giannazi já apresentou:

  • A criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara de Vereadores;
  • A criação de uma Frente Parlamentar em defesa do HSPM;
  • Pedido de providências ao Tribunal de Contas do Município sobre os investimentos e gastos no HSPM;
  • E a elaboração de um dossiê, com todas as denúncias dos servidores e usuários do Hospital, que será entregue ao Ministério Público, ao prefeito Bruno Covas e à Organização Mundial da Saúde.

Assine em defesa do HSPM!

Denuncie o descaso e o desmonte do HSPM!

Para combater o desmonte, abrimos um canal de denúncia online. Envie fotos e vídeo. Iremos anexar todas as denúncias e enviar ao Ministério Público, apresentar na Comissão de Saúde da Câmara e encaminhar para Secretaria de Saúde Municipal.

Adicionar foto ou vídeo